Siga nossas redes

     
selo_final_Prancheta 4.png


SANTA CATARINA

Cidades atingidas pelas chuvas receberão recursos

Foto: Mauricio Vieira / Secom

O Governo do Estado anunciou na tarde desta quarta-feira, dia 22, o repasse de R$ 48,2 milhões para nove cidades atingidas pelas chuvas do mês de maio em Santa Catarina. Além disso, será reeditado o programa Recomeça SC, do Badesc, para a criação de linhas de crédito com juros subsidiados para empresas afetadas pelo evento climático. A solenidade ocorreu em Tubarão, um dos municípios que mais sofreu danos por conta das chuvas.

O governador Carlos Moisés presidiu os trabalhos e afirmou que os repasses são uma pronta resposta do Estado para a reconstrução das estruturas danificadas ou destruídas em razão das enchentes. "O objetivo é atender as pessoas. É para isso que nós trabalhamos. Por isso, vamos fazer essas parcerias com as prefeituras. As cheias deste ano superaram as de 2010, em questão de danos, quando eu ainda trabalhava como comandante do Corpo de Bombeiros Militar aqui em Tubarão. Estamos dando uma resposta aos prefeitos, que possuem uma equipe boa e apresentaram os seus projetos", afirma o governador.

No caso de Tubarão, o repasse garantido nesta quarta-feira foi de R$ 15,2 milhões. Os valores serão usados para a construção de casas populares para as famílias atingidas, obras de enrocamento nas margens do Rio Tubarão, especialmente na região central, e aquisição de máquinas e equipamentos para atender demandas da agricultura, infraestrutura e drenagem. Segundo o prefeito Joares Ponticelli, a parceria com o Governo do Estado é fundamental para a reconstrução.

"São investimentos extremamente importantes. É uma pena que tenhamos que usar esse dinheiro para reconstruir coisas que já estavam prontas. Mas é muito bom que esse Governo tenha sensibilidade para nos atender em tão pouco tempo. Faz pouco mais de um mês das cheias e o Governo vem prontamente com a resposta", diz o prefeito.

O chefe da Defesa Civil estadual, David Busarello, lembra que 149 municípios relataram danos por conta das chuvas de maio. Desse total, 47 decretaram situação de emergência. Neste primeiro momento, estão sendo contemplados os nove municípios que já tiveram a homologação realizada pelo Governo do Estado. "Todos os municípios serão atendidos. O Estado deu uma pronta resposta aos atingidos, com os trabalhos emergenciais, e agora segue com o apoio às prefeituras no acompanhamento dos trabalhos", declara Busarello.

Outro município severamente atingido no Sul do estado foi Orleans. Por lá, quatro importantes pontes foram levadas pelas águas do começo de maio. Agora, a prefeitura receberá R$ 5 milhões para a reconstrução. O prefeito Jorge Koch comemora: "Orleans foi fortemente atacada e nós perdemos quatro grandes pontes. Tenho a certeza que dentro de seis meses nós vamos entregar essas pontes para a população, pois elas são essenciais para o transporte das nossas mercadorias. Só reconstrói que tem recursos e sensibilidade com os municípios. Só temos a agradecer ao Governo do Estado".


Recomeça SC

Pelo Badesc, o Governo do Estado também lançou uma reedição do programa Recomeça SC para empresas afetadas pelo evento climático do último mês. Serão disponibilizados R$ 65 milhões em linhas de crédito que terão juros parcialmente subsidiados. As operações poderão ser de empréstimos entre R$ 20 mil e R$ 200 mil. Há um ano de carência e o pagamento deve ocorrer nos 36 meses seguintes.

"O programa visa o atendimento de micro, pequenas e médias empresas, que foram diretamente afetadas pelas enchentes. Vamos trazer crédito para quem teve a sua capacidade produtiva afetada. 50% dos juros serão pagos pelo Governo do Estado. O dinheiro estará disponível a partir de julho", explica o diretor-presidente do Badesc, Eduardo Machado.


Secom

selo_final_Prancheta 26.png
Mais lidas do dia


selo_final_Prancheta 26.png

Impresso

folhadooeste sim
folhadooeste sim

EDITORIAS

Rua Duque de Caxias, 1302, Centro. São Miguel do Oeste – SC. CEP: 89900-000 Telefone: (49) 3621-1244

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina