Siga nossas redes

      
selo_final_Prancheta 4.png


OPINIÃO

ARTIGO - Dia da Indústria por Astor Kist

Foto: Folha do Oeste

DIA DA INDÚSTRIA

O Dia Nacional da Indústria é celebrado em 25 de maio em homenagem ao patrono da indústria nacional, Roberto Simonsen, que faleceu nesta data em 1948. Simonsen foi presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria) e da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).

A indústria é uma atividade econômica que surgiu mais fortemente, na primeira revolução industrial, no fim do século XVIII e o início do século XIX, na Inglaterra. Ela tem por finalidade transformar matéria prima em produtos para diversos fins, utilizando a força e a criatividade humana, máquinas, energia, pesquisas, etc.

A partir deste período a indústria passou a ser a atividade de destaque dentre as atividades humanas e seu maior ou menor desenvolvimento caracterizam, via de regra, a riqueza e o índice de desenvolvimento de uma nação ou de uma região.

Desde a sua criação aos dias de hoje, a indústria passou por muitas fases, por uma evolução continuada e permanente. Começou inicialmente com o artesanato, passou para a manufatura, a maquinofatura e hoje estamos na era da quarta revolução, a da chamada Indústria 4.0.

Na fase do artesanato o produtor executava, sozinho, todas as fases da produção á comercialização. No período da manufatura ocorreu a divisão do processo industrial em tarefas. Em vez de depender de uma só pessoa, o processo passou a ser dividido, substituindo o artesão por assalariados. Começou-se a divisão em etapas que exigiam maior ou menor habilidade e, conforme esta, ofereciam maior ou menor remuneração.

Como próximo passo da evolução, especialmente, na revolução industrial partiu-se para o emprego maciço de máquinas e fontes de energia, chegou, então, a vez da produção em longa escala, da grande divisão e especialização do trabalho. Surgiu assim, a terceira grande fase, a chamada maquinofatura. 

Nos dias de hoje, além dos processos anteriores, estamos na era da Indústria 4.0. Nesta, chamada de quarta revolução industrial, o processo engloba um amplo sistema de tecnologias avançadas, como a inteligência artificial, robótica, internet das coisas e computação em nuvens.

Por este rápido histórico da evolução industrial pode-se observar que os processos são dinâmicos, continuados, progressivos e cada vez passam a exigir mais preparo, abnegação e empreendedorismo.

É graças a este grande avanço que hoje temos ganhos significativos na área da saúde, da segurança, da habitação, da mobilidade e tantas áreas mais que beneficiam e trazem oportunidades, modernidades, consumismo, etc.

Para o sucesso da atividade industrial, a educação e todo o processo de capacitação, são básicos e fundamentais. A educação é o começo de tudo. Pelo visto, a importância da indústria, sem desmerecer os demais processos econômicos, é muito grande. É por isto que, representando a Fiesc, na região, quero aproveitar o ensejo para parabenizar a todos os envolvidos nesta atividade. 

Parabéns trabalhadores da indústria que, junto com os empresários, são o grande motor de toda esta evolução. São dias, meses e anos de esforço continuado que levam ao sucesso de nossa região, do nosso estado e do nosso querido Brasil.

Muitas são as dificuldades, as barreiras, os obstáculos, mas, grande também é o seu sabor do sucesso, do emprego e da prosperidade.

Parabéns Indústria!

selo_final_Prancheta 26.png
Mais lidas do dia


EDITORIAS

Rua Duque de Caxias, 1302, Centro. São Miguel do Oeste – SC. CEP: 89900-000 Telefone: (49) 3621-1244

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina